User Login

Ex-paquito da Xuxa vira evangélico e missionário na África - ‘Conclamo aos anti-Feliciano a promover um beijaço, ... gritar: fora mensaleiros!’, desafia jornalista do SBT -Powerful 'End It' Video: Sex Slaves in Atlanta Shock - Danilo Gentili para Marco Feliciano:`O Sr. não está sendo espantalho do governo?' - Luana Piovani confirma que é evangélica e fala sobre o casamento - Ex-BBB, Natália Nara, vira pastora e se arrepende de ter posado nua para a Playboy - Tudo sobre os Illuminati [infográfico] Estas e outras notícias no Mundão Gospel.com
On quinta-feira, 26 de julho de 2012 1 comentários

'Jesus perdoa todos os pecadores que reconhecem o pecado' Evangélicos discutem o homossexualismo e esclarecem como a Bíblia aponta como pecado, mas como Jesus ama o pecador e quer resgatá-lo, durante uma videoconferência promovida pelo movimento “Eu quero uma igreja”

O “Eu quero uma igreja”, segundo informa em seu site, é um projeto que tem como objetivo a criação de uma igreja verdadeira, através da realização de debates e cultos ao vivo, unindo pessoas de quaisquer partes do mundo e denominações para se unirem em Cristo em “verdadeira unidade com um só pensamento”. Relacionado eu quero uma igrejaGrupo cristão brasileiro propõe Nova Reforma Protestante bispo Robinson CavalcantiPrecisamos de Uma Reforma Protestante? kit gayKit gay chega às escolas e cristãos se revoltam alan chambers`Cristãos gays podem ir para o Céu?` teólogo levanta o debate Nesta quarta-feira, o grupo promoveu o debate entitulado “Igreja evangélica homossexual, homossexualidade, Sodoma e Gomorra, eles querem anjos das igrejas”. Durante o debate irmãos e irmãs de diferentes igrejas deram opiniões diferentes mas concordaram em pontos básicos como o homossexualismo como pecado na Bíblia e o perdão por Jesus de seu pecado, uma vez reconhecido. Os irmãos, como são chamados no debate, deixam claro que todos os argumentos da discussão são feitos com base nos textos da Bíblia e sem a intenção de ofender ou levar para o lado pessoal. “A Bíblia é o maior manual de ética que existe. É o maior manual que rege o comportamento do ser humano. (...) A intenção é falar a verdade e não ofender ninguém”, afirmou o irmão Reginaldo. Reginaldo cita passagens como 1 Coríntios 6:10, para afirmar que o homossexualismo na Bíblia é pecado. Um outro irmão, Eduardo, confirma isso citando passagens que retratam a cidade de Sodoma e Gomorra em Gênesis 19, onde havia muitos pecados, incluindo prostituição e homossexualismo, e por isso foram destruídas. Curta-nos no Facebook O pecado do homossexualismo na Bíblia também foi apontado pelo irmão Clebet em Levítico 20:13 (“Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles”). Segundo Clebet, a morte aqui refere-se a uma morte espiritual. “São mortos espiritualmente, porque Deus abomina a prática do homossexualismo”, disse ele, confirmando que essa foi uma das práticas abominadas por Deus pelos quais Sodoma e Gomorra foram destruídas. Apesar do homossexualismo ser pecado, entretanto, um outro participante afirma que a decisão e o estilo de vida do homossexual devem ser respeitados. “A vida do homossexual, deve ser respeitada”, disse Emerson Araújo. Contudo, Emerson ressaltou que Jesus condena essa prática, e se o homossexual vir para a igreja, ele vai saber que é pecado. Emerson crê que essa pessoa não mais será homossexual e ela mudará. “Todos tem cura, todos tem salvação todos em Jesus mudam”. Ele atenta para que a pessoa saiba distinguir duas coisas: a vida pessoal, a decisão de ser homossexual por livre arbítrio, em que se deve respeitar; e a vida com Deus, ou seja uma vez que ele venha para Deus, deve reconhecer que isso é pecado. Os irmãos também mostram que o amor de Jesus é por todos, não importando qual seja o pecado: se homossexualismo ou outro. “Se alguém pecar, temos um advogado, Jesus Cristo, o justo, Ele é a propiciação dos nossos pecados, não só pelos nossos pecados, mas pelo pecado do mundo inteiro. 1João2:1-2. Então esse mundo inteiro ele inclui todo o mundo, não só os homossexuais. Ele diz todo aquele que vem a mim eu não lançarei mão”, afirmou a irmã Ana. Ana diz que admira aqueles homossexuais que buscam a Jesus, que abrem uma igreja para se aproximar dele. Ela afirma também que não se deve proibí-los de buscar a Jesus. “Os homossexuais buscam a Jesus isso é algo que eu admiro. Eles abrem uma igreja para se aproximar dele. Por que eles fazem isso? É porque eles tem fome. E não temos que proibir os pecadores de se aproximar de Jesus. Porque a missão de Jesus é buscar e salvar aqueles que estão perdidos. ‘Lucas 19:10 Os sãos não precisam de médicos, quem precisa são os doentes’”. Ela conclui que todos são pecadores e Jesus perdoará, se o pecador reconhecer o pecado. “Pecadores todos nós somos. E não existe um pecado que Jesus não possa perdoa. ‘Mas somente reconhece o teu pecado que eu perdoarei’.” Veja aqui o vídeo do debate:

Fonte: The Christian Post

1 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...